Àfrica do Sul

Sobre o País

  • Capital
    Pretória
  • Idioma
    Inglês e Africâner
  • Fuso Horário
    Tempo do Sul da África (UTC+2)
  • Moeda
    Rand (ZAR)
  • Cidades
    Cidade do Cabo, Joanesburgo

Brasileiros na Àfrica do Sul

África do Sul, oficialmente República da África do Sul, é um país localizado no extremo sul da Àfrica, entre os oceanos Atlântico e Índico, com 2 798 quilômetros de litoralO país é conhecido por sua biodiversidade e pela grande variedade de culturas, idiomas e crenças religiosas. Constituição reconhece 11 línguas oficiais: duas dessas línguas são de origem européia: o africâner, uma língua que se originou principalmente a partir do neerlandês e que é falado pela maioria dos brancos e mestiços sul-africanos, e o inglês sul africano, que é a língua mais falada na vida pública oficial e comercial, mas é apenas o quinto idioma mais falado em casa.

Considerado uma economia de renda média-alta pelo Banco Mundial, o país é considerado um mercado emergente. A economia sul-africana é a segunda maior do continente (atrás apenas da Nigéria) e a 25ª maior do mundo. Multiétnico, o país possui as maiores comunidades de europeus, indianos e mestiços da África. 

A África do Sul é uma democracia constitucional, na forma de uma república parlamentar, ao contrário da maioria das repúblicas parlamentares, os cargos de chefe de Estado e chefe de Governo são mesclados em um presidente dependente do parlamento. É um dos poucos países africanos que nunca passaram por um golpe de Estado ou entraram em uma guerra civil depois do processo de descolonização, além de ter eleições regulares sendo realizadas por quase um século

Principais Cidades

A África do Sul é um destino turístico popular, com cerca de 860 mil visitantes mensais (março de 2008), dos quais cerca de 210 mil são de fora do continente Africano. Em 2013, a África do Sul recebeu catorze milhões visitantes internacionais. O turismo representa entre 1% e 3% do PIB sul-africano suporta mais de 10% dos postos de trabalho no país, de acordo com o World Travel & Tourism Council.

A perda de florestas significa uma perda de habitat para a vida selvagem também. Cerca de 90% da vida selvagem na África do Sul pode ser encontrada atualmente apenas em parques e reservas nacionais, que podem ser visitadas durantesafaris. Entre os animais encontrados, estão mamíferosrépteisanfíbios e aves. Em contrapartida, apenas 34% da vida vegetal no país está localizado em áreas protegidas.

Uma das vertentes turísticas mais importantes no país é o ecoturismo, cujo objetivo é o beneficiar o país sem afetar o meio ambiente da nação, promovendo e apoiando a sua biodiversidade. Em vez de atrair estrangeiros que entram uma nação africana para caçar, a ideia é promover um safaris "fotográficos", para uma clientela com maior consciência ecológica. O ecoturismo pode ajudar a conservar a biodiversidade e aliviar a pobreza na África do Sul através da criação de empregos locais.

Passeios

DESCUBRA AS BELEZAS DE CAPE TOWN

1. Cabo da Boa Esperança


O Cabo da Boa Esperança é um dos pontos geográficos mais importantes do continente africano. Localizado dentro de uma reserva natural chamada Table Mountain National Park, o famoso Cape of Good Hope oferece trilhas, passeios de bicicleta, praias incríveis e muito verde. 

 

2. Table Mountain


A Table Mountain é a maior montanha de Cape Town, com mais de 1000 metros acima da cidade e com 3 km de extensão. Também localizada no Table Mountain National Park, esta montanha oferece várias atividades radicais como escaladas e caving, mas também tem passeios para estudantes e turistas que querem apenas caminhar, fazer um piquenique ou apreciar a fauna e flora locais.

 

3. Cabo das Agulhas


Conhecido pela mistura de correntes quentes e frias a área é repleta de vida marinha exótica e por isto é possível admirar peixes desconhecidos, de todas as cores e tamanhos. Cape Town é um dos poucos destinos no mundo que oferece passeios para observar baleias e, para os corajosos, mergulhos com tubarões-brancos.

 

4. V&A Waterfront


Localizado na base da bela Table Mountain, o V&A Waterfront é uma área ideal para passeios, compras e entretenimento. Rodeada por lojas e mais de 80 restaurantes, além de residências, o V&A Waterfront fica entre o Cape Town Stadium e o porto e é o ponto de encontro cosmopolita da cidade.

 

5. Kirstenbosch National Botanic Garden


O Jardim Botânico de Kirstenbosch é uma celebração à cultura local e uma homenagem à flora sul africana. Com mais de 500 hectares, abriga exclusivamente espécies nativas e típicas da África do Sul, como por exemplo Fynbos e Proteas. No parque tudo é acessível e a paisagem é maravilhosa também composta por lagos e riachos, além de uma enorme variedade de pássaros que encantam os olhos dos visitantes.

 

Descubra como estudar inglês na África do Sul e ter uma experiência maravilhosa de Intercâmbio em Cape Town. 

Cultura

Não existe uma única cultura sul-africana devido à diversidade étnica do país, e cada grupo racial tem a sua própria identidade cultural. Isto pode ser apreciado nas diferenças na alimentação, na música e na dança entre os vários grupos. 

 

BELAS ARTES

A arte sul-africana inclui os mais antigos objetos artísticos do mundo, que foram descobertos em uma caverna do país e foram datados em 75 mil anos de idade. As tribos dispersas de povos khoisan que se deslocaram para a África do Sul em torno de 10.000 a.C. tinham sua própria expressão artística, vista hoje em uma infinidade de pinturas rupestres. Novas formas artísticas evoluíram nas vilas e cidades: a arte dinâmica, que usa de tiras de plástico a aros de bicicleta. A arte popular holandesa com influências dos africânderes e os artistas brancos urbanos seguiram mudando as tradições europeias a partir de 1850 e também contribuíram para essa mistura eclética, que continua a evoluir ainda hoje.

 

LITERATURA

A literatura sul-africana surge a partir de uma história social e política única. Um dos primeiros romances bem conhecidos escritos por um autor negro em um idioma africano foi Mhudi, de Solomon Tshekisho Plaatje, escrito em 1930. Durante os anos 1950, a revista Drum tornou-se um viveiro de sátiras políticas, ficção e ensaios, dando voz à cultura negra urbana.

Entre os autores sul-africanos brancos mais notáveis estão Alan Paton, que publicou o romance Cry, the Beloved Country em 1948. Nadine Gordimer se tornou a primeira sul-africana a ser agraciada com o Prêmio Nobel de Literatura em 1991. Seu romance mais famoso, July's People, foi lançado em 1981. J. M. Coetzee ganhou o Prêmio Nobel de Literatura em 2003. 

 

CULINÁRIA

A cultura sul-africana é diversa; alimentos de muitas culturas são apreciados por todos e especialmente comercializados para os turistas que desejam provar a grande variedade da culinária do país. A culinária sul-africana é fortemente baseada na carne grelhada enquanto um evento social tipicamente sul-africano conhecido como um braai (ou churrasco). O país também se tornou um grande produtor de vinhos, sendo que alguns dos seus melhores vinhedos encontram-se em vales em torno de StellenboschFranschhoek, Paarl e Barrydale, no Cabo Ocidental.

 

MÚSICA

Existe uma grande diversidade na música da Àfrica do Sul. Muitos músicos negros que cantavam em africâner ou inglês durante o apartheid passaram a cantar em línguas africanas tradicionais, e desenvolveram um estilo único chamado kwaito. Digna de nota é Brenda Fassie, que alcançou fama graças à sua canção "Weekend Special", cantada em inglês. Músicos tradicionais famosos são os Ladysmith Black Mambazo, e o Quarteto de Cordas do Soweto executa música clássica com sabor africano. Os cantores sul-africanos brancos e mestiços tendem a evitar temas musicais tradicionais africanos, preferindo estilos mais europeus. 

 

ESPORTES

Os esportes mais populares da África do Sul são o rugby, o críquete e o hóquei em campo (hóquei de grama, no português brasileiro). Outros esportes com prática significativa são natação, atletismo, golfe, boxe, tênis e netball. Apesar do futebol ser mais praticado entre os jovens (e estar em crescimento no país), outros esportes como o basquete, o surf e o skate estão cada vez mais populares.

Programas para este país

LiveZilla Live Help